Espaço Multimídia para falar sobre inovações tecnológicas, negócios e a interatividade das pessoas com isso. Você vai ver que a tecnologia é simples e está aí para facilitar a vida.

     
27 agosto 2007  

O Futuro das Transmissões em Banda Larga

 

Não faz muito, internautas se moviam a velocidades que hoje são consideradas risíveis. O aumento do consumo de largura de banda foi meteórico e atualmente é possível inclusive ver televisão via Internet com qualidade mais do que aceitável. No entanto, para seguir avançando e oferecer novos serviços, são necessários novos métodos de comunicação que ofereçam maior largura de banda para qualquer dispositivo, ainda que portátil. Confira algumas das tecnologias que serão utilizadas no futuro para transferir informação digital a toda velocidade.


VDSL2: Ao falar de banda larga, deve-se lembrar o ADSL. A banda larga através do cabo de cobre utiliza a infra-estrutura que já conecta os edifícios às centrais das empresas de telefonia. Entretanto, o par de cobre trançado tem limitações físicas de largura de banda, limitações essas que vão se aproximando a cada evolução dos protocolos de conexão.
Do ADSL, com limitações de 8 Mbit/s, passou-se ao ADSL2 e ao ADSL2+, que subiram a taxa de transferência máxima a 24MBit/s. O passo lógico seguinte é o VDSL2, que permitirá, teoricamente, chegar a 250 MBit/s, ainda que a largura de banda real vá depender da distância da central. Assim, a 0,5 Km a velocidade será de 100 Mbits/s, e a 1 Km será reduzida a 50 MBit/s. A partir desta distância, a diminuição de velocidade é menos brusca, chegando a níveis parecidos às do ADSL2+ a 1,6 Km.

BPLA "Broadband over Power Lines": ou Banda larga sobre Linhas Elétricas é uma aplicação de um conceito mais geral conhecido como PLC (Power Line Communications) e pensada especificamente para levar Internet às casas através do mesmo cabeamento que se utiliza para a corrente elétrica.
Para começar, a tecnologia tem problemas graves como interferência dentro da transmissão de entre diferentes trechos (alta, média tensão) que geravam uma instabilidade na conexão inaceitável para os usuários. Se a isto se soma a existência de outras tecnologias muito mais bem implantadas e baratas, vê-se que a BPL não teria muito futuro em lugares em que houvesse outras opções.
Considerando que muitos problemas provêm da passagem do sinal através dos transformadores que levam eletricidade às casas, se estuda um uso conjunto com tecnologias como o WiMax, levando a conexão através da rede elétrica até um repetidor WiMax, que se ocuparia de distribuir o último trecho até as casas através da conectividade sem fio.


Estratélites: Outra solução para zonas isoladas vem das alturas. Hoje em dia existem soluções de Internet através de conexões via satélite, mas consistem em uma antena receptora, requerindo uma conexão telefônica para enviar informação. Além disso, colocar um satélite em órbita é muito caro, e os tempos de trânsito do sinal são longos (para o que estamos acostumados nas conexões à Internet terrestres).
Assim, a solução vem na forma de dirigíveis: são os chamados "stratélites" (combinação de satélite com estratosférico). Estes dirigíveis são desenhados para flutuar a uma altura de uns 20 km por cima dos fenômenos atmosféricos que possam desestabilizá-lo ou deslocá-lo de sua posição.
A essa altura, o stratélite pode oferecer cobertura de Internet, rádio, televisão e telefonia para uma área com a extensão da França (VER), podendo manter-se em vôo por longos períodos de tempo graças a seus motores elétricos e suas placas solares.
Estes aparatos estão em fase de teste e certificação, e poderemos vê-los em serviço nos próximos anos.

WiMax: As tecnologias sem fio atuais que permitem conexão à Internet, Wi-Fi e UMTS/HSDPA, cumprem à perfeição sua incumbência, mas têm uma limitação fundamental: o alcance. Para obter conexão de qualidade suficiente como para dispor de toda largura de banda disponível, devemos estar bastante próximos do repetidor, assim sua funcionalidade se vê significativamente reduzida.
A solução parece estar nas mãos de um novo padrão conhecido como WiMax, que toma o melhor de cada tecnologia e permite conexões à distância de até 50 Km e a velocidades que podem chegar aos 75 MBit/s. E se não é uma velocidade muito alta para dividir entre um grande número de usuários (como em uma cidade), parece adequada para núcleos pouco povoados ou zonas nas quais a implantação das redes 3G não seja rentável.


FTTH "Fiber To The Home", ou Fibra Óptica até a Casa, é uma nova aposta e consiste, como o nome indica, em fazer uma instalação de fibra óptica desde os nós de distribuição até as casas, quer seja mediante conexões ponto a ponto ou com cabeamento compartilhado por mais de um usuário.
A vantagem principal deste sistema é a velocidade, já que graças à fibra óptica se podem conseguir taxas de trasnferências superiores aos 600 Mbit/s. Seguramente se venderão conexões de 100 MBit/s simétricas (100 Mbit/s upload e 100 MBit/s de download).

Postado por Roger Melo as 8/27/2007 05:13:00 PM

     
0 Comentários:  

Postar um comentário

     
Links para esse post  

Criar um link

<< Voltar Multi BLOG

     
Aprendizado  

Cursos gratuitos

Microsoft Word
Microsoft Excel
Microsoft Outlook
Microsoft PowerPoint
Microsoft Access
Microsoft FrontPage
Microsoft OneNote
Sebrae - Cursos on-line
Diversos cursos de TI

Apostilas

Sebrae - Saiba mais
Microsoft Excel
Diversos

Ví­deos

MS Office
Fotografia Digital
Cuidados com notebook


   

Leia sobre

Hardware

Clube do hardware
Laércio Vasconcelos
Toms Hardware
HP
Intel
AMD
Leadership

Software

Baboo
Meiobit
Imasters
COMO FAÇO?
Truques e Dicas
Microsoft
Symantec
KB Microsoft

Inovação e
Negócios

Trocar Links
BlogBlogs.Com.Br
Bizrevolution
Sebrae
Portal da Administração
40 graus colunas
APL's
Baguete


   

Destaques

Carregador USB
Multilaser

Carregador USB Multilaser com 2 Pilhas


Mais informações

Monitor LCD 19"
Samsung 932BPlus

Monitor LCD 19 Samsung 932B Plus


Mais informações

Impressora HP
Deskjet D7160

Impressora Deskjet D7160


Mais informações

Impressora Canon
IP-1800

Impressora Canon IP-1800


Mais informações

Videogame Interativo
Multilaser Multigame

Videogame Multigame


Mais informações

Sony Cybershot
DSC-T20

CAMERA DIGITAL SONY CYBERSHOT DSC-T20


Mais informações

MP3 Creative
MuVo TX
256MB

MP3 Creative MuVo TX


Mais informações


     
Apresentação  
   


Esse blog será utilizado como uma ferramenta de comunicação direta com os nossos clientes, fornecedores, parceiros e comunidade em geral. Acompanhe ele diariamente ou faça o seu cadastro para se manter informado sobre os principais acontecimentos do mercado de tecnologia, ter acesso a treinamentos, dicas e trocar conhecimentos e experiências com a gente.

   
Cadastre-se
   
   
Contato
Sugestões
Criticas
Duvidas

Todos os contatos serão respondidos e os melhores serão publicados no blog.

   

Post recentes

Dicas de Fotografia Fácil !
Microsoft lança duas correções importantes para Vi...
Google aposta em função "Sky View" no Google Earth...
Empresa lançará 29 títulos em Blu-Ray no Brasil
Destaque - MP3 Player Creative MuVo TX 256MB
Mozilla divulga novidades do Firefox 3
Sun pretende lançar processador com oito núcleos
Novo padrão de IP será implementado até 2011
Terceiro maior fabricante de PCs venderá laptops c...
Vírus Deletemusic apaga MP3 do computador
   

Arquivos

Março 2006
Abril 2006
Maio 2006
Junho 2006
Julho 2006
Agosto 2006
Setembro 2006
Outubro 2006
Novembro 2006
Dezembro 2006
Janeiro 2007
Fevereiro 2007
Março 2007
Abril 2007
Maio 2007
Junho 2007
Julho 2007
Agosto 2007
Setembro 2007
Novembro 2007
Dezembro 2007
Março 2008
Abril 2008
Maio 2008
Junho 2008
Julho 2008
Agosto 2008
Setembro 2008


MULTI E-NEWS

Notebook Pcchips-25/03/06
Acessorios Notebook-01/03/06
Multi E-NEWS #1 - 05/06/07
Multi E-NEWS #2 - 13/06/07


   
Wallpapers
   


Creative Commons License



 View My Public Stats on MyBlogLog.com








Desing by